Chambari é um dos principais pratos típicos do Tocantins

| Gazeta do Cerrado - Para mentes pensantes | - 27/08/2016

Última atualização em 26/08/2019 10:42

Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no LinkedIn Enviar por email Compartilhar no Whatsapp

A comida tocantinense recebe influências indígenas, africanas, europeias, dentre outras.  Por ser um estado novo, o Tocantins é formado por pessoas vindas de todos os lugares, que trazem consigo conhecimento e pratos variados. Mas uma coisa ninguém discute: o chambari caiu no gosto da população.

O prato italiano, ganhou uma adaptação e no estado o “ossobuco” (literalmente osso furado) é cortado horizontalmente, cozido com temperos e servido acompanhado de arroz branco e cheiro verde. Alguns consumidores preferem-o com farinha de mandioca e muita pimenta.

chambari_cerveja_fog_lenha

O portal Gazeta do Cerrado falou com a Doutora em Antropologia Social, Professora do curso de Nutrição da Universidade Federal do Tocantins, Reijane Pinheiro para saber o valor nutricional deste que tem agradado o paladar da maioria dos que o experimentam. Segundo a professora há uma peculiaridade e preferência por alguns pratos adaptados pelos tocantinenses. O cheiro e o sabor do chambari costumam agradar a maioria dos aprecidadores.

“Hoje pode-se afirmar que o chambari é considerado um dos símbolos do Tocantins. Muito consumido atualmente é possível encontrá-lo logo pela manhã em vários pontos da cidade. Alguns consomem bem cedo antes de ir para o trabalho, no café da manhã, outros no almoço ou jantar”, comenta.

Registros mostram que na Idade Média o ingrediente já era bastante consumido, principalmente nas regiões frias da Europa, uma vez que as receitas aquecem e são muito nutritivas. Reijane Pinheiro explicou que o preparo leva horas.

Maria da Conceição, feirante da quadra 307 Norte explica que o preparo é simples. É preciso adicionar os temperos a carne, acrescentar cebola e corantes. Ferver todos os ingredientes em uma panela de pressão por um período médio de uma hora. Ela trabalha com a venda da iguaria há mais de dez anos.

Outros pratos

Além do chambari, no Tocantins existem também outros pratos como a tapioca e as farinhas, que veio da cultura indígena, ultimamente a mais consumida é a farinha de puba. Tem a paçoca de carne de sol, que contém os ingredientes como coentro, pimenta malagueta verde, alho e a farinha de mandioca, a maioria desses pratos são resultados da culinária nordestina.

Há os caldos que são muito presentes nos paladares tocantinenses e veio através da origem africana. Existem também os biscoitos, como O Amor Perfeito, é feito à base de trigo e mais reconhecido no sudeste do Tocantins.

Além dos pratos, há as frutas do cerrado, como o Pequi, um furto amarelo de cheiro marcante que muitos usam com arroz ou frango. Sua época de colheita inicia em outubro e dura uns dois meses. Outra fruta que se usam em doces e óleos, é o Buriti, pequena com a casca vermelha e caroço alaranjado, ela floresce quase o ano inteiro, principalmente nos meses de abril a agosto.

Acompanhe as redes da Gazeta do Cerrado 24 horas por dia:
Aproveite e siga agora mesmo cada uma de nossas redes, pois cada uma delas possui características próprias e são complementares. Estamos sempre a disposição.
Para denúncias ou coberturas: (63) 983-631-319
Anunciar na Gazeta ou em suas redes sociais: (63) 981-159-796

0 comentários

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Direção

Editora Chefe: Maju Cotrim Jacob
[email protected]

CEO, CFO, Diretor Executivo e Marketing: Marco Aurélio Jacob
[email protected]

Expediente

Sub Editor: Brener Nunes

Repórter: Lucas Eurílio

Jornalista: Maju Jacob

Estagiária: Luciane Santana

Assistente de Produção: Maitê Sales

TI: Tiago Bega

Presidente do Conselho Consultor: Stênio Jacob

Contatos

Para sugestões, correções, críticas ou entrar em contato:

Redação: (63) 984-631-319
[email protected]

Para anúncios ou parcerias comerciais

Comercial (63) 981-159-796
[email protected]