Jovens tocantinenses concorrem a concurso de Miss; representatividade é desafio

0
484
(Arquivo Pessoal)

Brener Nunes – Gazeta do Cerrado

Entre os dias 23 e 24 de abril, Palmas sediará o Miss Tocantins Be Emotion, etapa estadual de um dos maiores concurso de beleza do país. Já o Miss Brasil Be Emotion irá revelar a mulher mais bonita entre as brasileiras. A Gazeta do Cerrado bateu um papo bem bacana com uma das organizadoras do evento, Lilian Moraes. Primeiramente, ela nos conta que o concurso será dividido em duas etapas. As candidatas entram em confinamento para avaliações e júri técnico, além de ensaios, entrevistas e provas que definirão a nota preliminar de cada candidata.

No dia 24, elas seguem para grande final, que será aberta ao público, com anúncio da vencedora por meio da escolha do júri artístico da noite”, explica. A organizadora revela que o principal objetivo é eleger uma garota que busque agregar valor ao estado, resgatando a tradição dos concursos de Miss no Tocantins. “Também procuramos eleger uma representante que consiga alçar grandes voos no miss Brasil”, conta.

Lilian também destaca que ainda não pode revelar muito sobre o show, tema e desfiles em especial. “Ainda estamos reservando as surpresas para a noite final, mas esperamos que o público goste do novo formato que vem por aí nessa nova era no Tocantins”, esclarece.

A Gazeta do Cerrado conversou exclusivamente com uma das candidatas. A jovem Tatiele Rodrigues, de 20 anos, é a Miss Porto Nacional 2018 e representará o município na fase estadual, em Palmas. Ela conta que é um prazer representar sua cidade. “Estou muito feliz, porque eu sempre quis representar Porto Nacional. Com fé em Deus vai dar tudo certo”, diz. Ela também conta que está bastante ansiosa. “A expectativa é gigante, já bateu um pouco do nervosismo, a ansiedade também tá batendo, mas eu acredito com muita garra e persistência nós vamos chegar onde queremos e ter a nossa representatividade”, esclarece a jovem.

Papel
Tatiele contou à Gazeta sobre o papel de miss. “O papel de uma miss hoje em dia não é apenas ter beleza. Eles procuram mais do que isso. Procuram uma mulher que represente todas as mulheres, que tenham beleza, mas também tenha conhecimento, que incentiva outras mulheres a terem voz, a lutarem pelas suas conquistas, porque desde a sua trajetória, nós mulheres temos muita dificuldade em relação ao nosso espaço, mas com o tempo a gente tá conseguindo conquistar nosso lugar”, esclarece.

“Eu acredito que a mulher portuense, a mulher tocantinense, a mulher brasileira tem tudo isso. Tem garra, tem poder, empoderamento. E nós necessitamos levar isso para fora também, e então o papel de miss é isso, é representatividade, é ter poder da mulher, mostrar para todas as mulheres que nós conseguimos chegar aonde nós queremos”, pondera Tatiele.

Sobre a representativa negra em competições de beleza, a candidata conta que ainda necessita de mais mulheres neste espaço. “Eu acredito que esse meio esteja crescendo bastante, antes não tínhamos muitas concorrentes negras e hoje já podemos ver em números a diferença na quantidade de negras. Existe sim uma diferença ainda, mas acredito que o preconceito diminuiu muito em relação a isso, e a cada dia nós mulheres e negras estamos conseguindo mais conquistar o nosso espaço, e espero que a cada dia isso melhore”, analisa.

Miss Be Emotion
Lilian Moraes contou à Gazeta ainda que este certame é considerado o maior concurso de beleza do país. “O Miss Brasil Be Emotion irá revelar a mulher mais bonita do Brasil. Representantes dos 26 estados, mais o Distrito Federal, deverão demonstrar confiança e força, sem perder a sua naturalidade, para transformar o sonho de receber a tão desejada coroa em uma realidade emocionante”, informa. “Além de representar o Brasil no Miss Universo, a eleita será a embaixadora da BE Emotion e uma influenciadora que marca não só a sua, como várias gerações”, destacou.

O número de candidatas ainda é incerto, pois as inscrições continuam abertas até abril. “As inscrições ainda estão abertas, temos algumas eleitas em seus municípios, mas a quantia correta só conheceremos uma semana antes do evento final”, conclui.

Sua opinião é muito importante: